EM ME VINDO O TEMOR, HEI DE CONFIAR EM TI

Direi do Senhor: Ele é o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus, em quem confio. Porque ele te livra do laço do passarinho, e da peste perniciosa. Ele te cobre com as suas penas, e debaixo das suas asas encontras refúgio; a sua verdade é escudo e broquel. Não temerás os terrores da noite, nem a seta que voe de dia, nem peste que anda na escuridão, nem mortandade que assole ao meio-dia. Mil poderão cair ao teu lado, e dez mil à tua direita; mas tu não serás atingido. - Salmo 91 – 2 ao 7


Há momentos que as palavras não resolvem,
Mas o gesto de Jesus, na cruz, Demonstra amor por nós.
Foi no calvário que ele sem falar,
Mostrou ao mundo inteiro o que é amar.

Aqui no mundo, as desilusões são tantas,
Mas existe uma esperança: Que Cristo vai voltar.
Nem sempre entendemos Por que Deus age assim,
O espinho que a bela rosa tem;
Mas pela fé sabemos que tudo que ele faz
É sempre, para nosso bem.

Em me vindo o temor Hei de confiar em Ti,
Em me vindo a dor descansarei em Ti;
Por que temer se comigo estás? 
Te sinto tão perto, seguro me fazes.
Tu me ensinaste a em Ti confiar,
Tu me ajudaste a em Ti esperar;
Dá-me mais fé para prosseguir
E nunca temer o que há de vir.
Em Ti eu sou forte, conheço tua paz,
Contigo ao meu lado o temor se desfaz;
Por que temer se comigo estais?
Te sinto tão perto, seguro me fazes.

Quando parece que tudo acabou
E não há mais esperança em teu viver,
Ergue o teu olhar e clame a Jesus,
Crê somente: Ele tem poder.
Oh! Não temas, mas confia em Jesus,
Teus problemas Deus conhece e tudo vê;
Não chores mais, Jesus te ama,
Não temas, somente crê.

No silencio da noite, eu oro ao Senhor;
No silencio da noite, suplico ao Senhor;
Murmuro baixinho esta linda canção,
No silencio da noite eu faço a minha oração.
As estrelas do céu estão a cintilar;
E eu, ao Senhor, estou a suplicar;
Murmuro baixinho, esta linda canção;

No silencio da noite eu faço a minha oração.
E quando pela alvorada retomo ao Senhor,
Dele recebo bênçãos e poder para vencer;
Entrego a minha vida ao serviço do Rei;
No silencio da Noite eu faço a minha oração. 

Comente pelo Facebook ()
Ou Comente Aqui ( 2)

2 Comentários:

  1. Passando para informar seus devidos créditos no meu blog. Dê uma passada para conferir (tag: SOBRE)

    ResponderExcluir

Caso precise de resposta em sigilo, favor utilizar a nossa página de contato :)