PAIS & FILHOS

"Vós, pais, não irriteis a vossos filhos, para que não percam o ânimo." (Colossenses 3.21) 


É obrigação solene dos pais dar aos filhos a instrução e a disciplina condizente com a formação cristã. Os pais devem ser exemplos de vida e conduta cristão, e se importar mais com a salvação dos filhos, do que com seu emprego, profissão, trabalho na igreja ou posição social.

Segundo a palavra de Paulo em Efésios 6.4 & Colossenses 3.21, bem como as instruções de Deus em muitos trechos do AT (antigo testamento) (Gênesis 18.19, Deuterenomio 6.7, Salmo 78.5, Provérbios 4. 1-4 e 6.20), é responsabilidade dos pais dar aos filhos criação que os prepare para uma vida do agrado do Senhor. É a família, e não a igreja ou a Escola Dominical, que apenas ajudam aos pais no ensino dos filhos. 

A essência da educação cristã dos filhos consiste nisto: o pai voltar-se para o coração dos filhos, a fim de levar o coração dos filhos ao coração do Salvador.

Na criação dos filhos, os pais não devem ter favoritismo, devem ajudar, como também corrigir e castigar somente faltas intencionais dos filhos, e sem dúvida, deve dedicar sua vida aos filhos, com amor compassivo, bondade, humildade, mansidão e paciência.

Seguem-se quinze passos que os pais devem dar para levar os filhos a uma vida devotada a Cristo:

(A)   Dediquem seus filhos a Deus no começo da vida deles.

(B)  Ensine seus filhos a temer ao Senhor e desviar-se do mal, a amar a justiça e a odiar a iniquidade. Incutam neles a consciência da atitude de Deus para com o pecado e do seu julgamento contra ele.

(C)   Ensine seus filhos a obedecer aos pais, mediante a disciplina bíblica com amor.

(D)  Protejam seus filhos da influencia pecaminosa, sabendo que Satanás procurará destruí-los espiritualmente mediante a atração ao mundo ou através de companheiros imorais.

(E)  Façam saber a seus filhos que Deus está sempre observando e avaliando aquilo que fazem, pensam e dizem.

(F)  Levem seus filhos bem cedo na vida á fé pessoal em Cristo, ao arrependimento e ao batismo em águas, quando já tiverem maturidade e consciência de suas vidas pecaminosas.

(G)  Habituem seus filhos numa igreja espiritual, onde se fala a Palavra de Deus, se mantém os padrões de retidão e o Espírito Santo se manifesta. Ensinem seus filhos a observar o principio: "companheiro sou de todos os que O temem."

(H)  Motivem seus filhos a permanecerem separados do mundo, a testemunhar e trabalhar para Deus. Ensinem-lhes que são forasteiros e peregrinos neste mundo.

(I)     Instruam-nos sobre a importância do batismo com o Espírito Santo.

(J)    Ensinem a seus filhos que Deus os ama e tem um propósito específico para suas vidas.

(K) Instruam seus filhos diariamente nas Sagradas Escrituras, na conversão e no culto doméstico.

(L)   Mediante o exemplo e conselhos, encorajam seus filhos a uma vida de oração.

(M) Previnam seus filhos sobre suportar perseguições por amor a justiça. Eles devem saber que "todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições."

(N)  Levem seus filhos diante de Deus em intercessão constante e fervorosa. 

(O)  Tenham tanto amor pelos filhos, que estejam dispostos a consumir suas vidas como sacrifício ao Senhor, para que se aprofundem na fé e se cumpra nas suas vidas a vontade do Senhor.

Comente pelo Facebook ()
Ou Comente Aqui ( 1)

1 Comentário:

  1. Hoje em dia é muito difícil criar um filho! Os pais infelizmente não estão tendo responsabilidade e dedicação, mas colocam o filho no mundo e deixam de qualquer jeito! Criar um filho na igreja tbm não é fácil, pois sabemos que irá enfrentar muita perseguição por causa do evangelho nesses últimos dias. Mas que Deus faça pais abençoados que cuidem dos seus filhos e os ensine no caminho que eles devem andar. Muito importante esse estudo amei!

    ResponderExcluir

Caso precise de resposta em sigilo, favor utilizar a nossa página de contato :)