QUEM MANDA EM VOCÊ?

Portanto, façam tudo com decência e ordem. (1 coríntios 14.40)


Como jovem ou adolescente, é comum você começar a refutar a autoridade de terceiros sobre os seus rumos. Pensa que já tem condições de decidir sobre o que é bom para você mesmo. Não gosta mais que os seus pais escolham as suas próprias roupas, amigos e hábitos; acha os conselhos dos mais velhos ultrapassados, e tudo o que deseja é poder fazer o que quer – do jeito, da forma, e na hora que planeja.

Contudo, você já percebeu que isto é impossível: ainda depende dos seus pais, de seus professores e parentes. Por outro lado, já notou que ainda tem pouca experiência para muitas coisas que deseja, de modo que nem sempre pode decidir de forma mais adequada questões de maior importância para o seu futuro.  

Palavra viva

Não peço que os tires do mundo, mas que os guarde do maligno (Jô 17.15)

Jesus, em uma das suas orações, pediu a Deus que nos guardasse do mal. Contudo, ele mesmo diz que precisamos estar no mundo. Na verdade, Jesus se fez homem e habitou na terra como humano: ele trabalhou, brincou, chorou, foi a festas, comeu alimentos saborosos, viajou, conheceu pessoas, riu e muito mais. Ele sabe que também precisamos viver  plenamente, aproveitando as oportunidades da vida nos reservar e procurar viver bem as melhores coisas que este mundo pode nos oferecer : amizades, lazer, viagens, risos, brincadeiras, etc. Entretanto usufruir das coisas boas pode gerar vícios e hábitos que nos afastam das nossas famílias e nos tornam escravos, até mesmo do que chamamos de diversão e lazer.  É por isso que, como adolescentes evangélicos, você precisa estar atento ao que faz, pois algumas coisas que pratica, mesmo que em principio pareçam ou sejam inofensivas, com o hábito podem contaminar sua mente e seus pensamentos, afastando-o de Cristo, e gerando a culpa inerente ao pecado.

Os Jogos Eletrônicos

Com o crescimento dos recursos em meio eletrônico, a Internet (rede mundial de computadores) ampliou a sua rede de atividades. Hoje, além dos recursos disponíveis para os trabalhos rotineiros, ela também dispõe de inúmeros jogos como forma de entretenimento. Esses jogos têm sido novidade e objeto de diversão no meio de muitos adolescentes. Mas e preciso ter cuidado. Geralmente, eles são vistos como inofensivos, mas possuem mensagens carregadas de ocultismo e de bruxarias, já que mostram cenas de violência, sexo e monstros terríveis.

Infelizmente, vários adolescentes se vêem dominados por esse tipo de jogo, de modo que são capazes de gastar horas em frente ao computador, ou em games, jogando incessantemente. Muitos diminuem o contato com a família, comem apressadamente em frente a televisão, atrapalhando a boa digestão, e até caem no rendimento escolar. Não conversam, não brincam com os irmãos e pais, não estudam, nem leem um bom livro, e deixam até mesmo de ir á igreja.

Os videogames mais recentes conhecidos modernamente por “playstation”, também possuem vários jogos que demonstram um mundo imaginário cheio de misticismo, guerras e batalhas com efeitos especiais bem próximos da realidade. É preciso controlar o que gosta em frente ao computador ou no “playstation” para que você não fique viciado nesses jogos, pois eles afetam a vida emocional, psíquica e principalmente espiritual. Fique firme e tenha propósitos permanente com Deus, orando, lendo a Bíblia e indo aos cultos semanais e aos domingos.

A Internet

Os benefícios trazidos pela internet são incontáveis e inquestionáveis, mas será que a chamada rede mundial da informação só traz coisas boas para os seus usuários?

A resposta é: depende. Do que? depende do uso que façamos dela.

Não existe um órgão central controlador da Internet que faça algum tipo de censuras ou proibição, de modo que circula livremente pela rede todo e qualquer tipo de informação em texto, imagem e som. Esta facilidade de acesso á informação é benéfica, pois alarga os horizontes do nosso saber e economiza o tempo que gastaríamos em pesquisas.

Cuidado! Faça bom uso do seu tempo, e aproveite todas as vantagens e facilidades educativas e sociais que a Internet pode lhe proporcionar. Navegue pela rede, mas tenha cuidado e não fique preso nela. 

Outros hábitos

Há uma série de coisas com as quais precisamos saber lidar, com o uso da televisão dos jogos eletrônicos e da internet. Há adolescentes que passam todo o tempo livre assistindo programas de televisão esquecendo-se de conversar com a família ou de estudar as matérias da escola. Perdem seu tempo vendo coisas indecentes ou destruidoras de um bom caráter, e deixam de ocupar melhor o seu tempo tocando um instrumento, fazendo um curso, etc..

Há ainda coisas que gostamos de ganhar, mas que passam a andar com pessoas que gostam de grafitar ou pichar as casas de outras pessoas ou a rua, deixando a cidade com aspectos sujo e desrespeitando a propriedade dos outros. Pior são os que ainda picham bancos e o banheiro das igrejas, muitas vezes escrevendo ou desenhando figuras obscenas.

Mas há mais: Os que trocam a igreja por skates ou patins, os que passam o dia fora de casa jogando bola ou jogos de tabuleiros, os que perdem amigos porque só falam de kart, corridas de automóveis ou cavalos, ou os que não perdem uma praia ou a oportunidade de surfar.


Tudo me é licito, mas nem tudo me convém

Vale a pena ressaltar que você não peca quando se diverte com o videogame, trabalha ou se entretém no computador, ou na internet para pesquisar e conversar com amigos. Também não é pecado assistir televisão, desenhar, grafitar um espaço da sua casa permitindo por seus pais, ou andar de patins.

Entretanto, o que esta lição quer mostrar é que todo ser humano tem a tendência de formar hábitos. Pode apegar-se ao que é bom e não quer cumprir com as suas obrigações, muitas delas “chatas” como estudar, ajudar em casa, ler, etc. Por estas razão precisamos administrar o tempo e saber quando parar de executar uma atividade, evitando que ela se torne um vício.

Controle seus impulsos

O enfoque bíblico fala sobre fazer tudo com ordem e decência, que significa estabelecer as prioridades das tarefas contidas.

A Bíblias nos ensinas em Tito 2.12 a “abandonar a descrença e as paixões mundanas e a vivermos neste mundo uma vida prudente, correta e dedicada a Deus”.




Por: Taiany

Comente pelo Facebook ()
Ou Comente Aqui ( 1)

1 Comentário:

  1. "Eu sou o Senhor vosso Deus, que vos tirei da terra dos egípcios, para que não fôsseis seus escravos; e quebrei os canzis do vosso jugo, e vos fiz andar erguidos." Levítico 26:13

    ResponderExcluir

Caso precise de resposta em sigilo, favor utilizar a nossa página de contato :)