CUMPRA SUA MISSÃO


“Não me envergonho do evangelho porque é o poder de Deus para a Salvação de todos aqueles que crê”   (Romanos 1. 16 a).

“Vós sois as minhas testemunhas” (Is 43.10) Para sermos testemunhas de Cristo, precisamos conhecê-lo pessoalmente; Nossa vida deve mostrar que é certo o que dizemos Dele e ainda devemos dizer tudo o que sabemos acerca de Jesus que possa favorecer Sua causa.

Ser testemunha de Cristo é, portanto o plano de Deus para todo crente e um elemento fundamental de toda a evangelização.

Cumprindo sua missão 

Jesus veio a esta mundo com a importante missão de resgatar a humanidade do pecado, dando testemunho de Si mesmo e do Pai celestial. Ele cumpriu fielmente a missão para a qual Se propôs. Antes de subir ao céus, Ele reuniu os discípulos e prometeu-lhes que seriam preparados através do revestimento de poder para, também, cumprirem uma missão: “Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém em toda Judéia e Samaria, e até os confins da terra” (At 1.8).

Eu, uma testemunha de Jesus? 

Alguns até duvidam do fato de que possam ser verdadeiras testemunhas de Jesus porque não vivem no tempo Dele, não participaram da Sua vida terrena, nem viram as coisas acontecerem. As pessoas que pensam assim podem até possuir um pouquinho de razão. Mas só um pouquinho porque, na verdade, quem autorizou que fossemos testemunhas foi o próprio Jesus (Mt 28.19,20) De que maneira podemos testificar se não vimos Jesus operando aqueles milagres, sofrendo, morrendo na cruz e ressuscitando? Isso deve ser feito por fé. Cremos que tudo o que está escrito na Bíblia aconteceu de verdade. E mais, todos nós, desde que recebemos Jesus como Salvador fomos transformados , feitos diferentes, tornando-nos uma nova criatura. Somos batizados com o Espírito Santo, vemos o Senhor operar na Sua Igreja transformando vidas, curando enfermidades, operando maravilhas. Então, é preciso que estas coisas sejam contadas, isso é, testificadas aos que ainda não conhecem Jesus para que sejam salvos para tornarem testemunhas. 

Todo tempo é precioso 

Os discípulos não perderam tempo nem oportunidade para falarem e proclamarem os feitos de Jesus. Ali mesmo, no Cenáculo, ao ser revestido de poder, Pedro, aproveitando a oportunidade de tanta gente curiosa reunida, querendo saber o que estava acontecendo, num majestoso discurso descreveu os acontecimentos dos últimos dias destacando o cumprimento das promessas divinas. O resultado foi a conversão de cerca de três mil almas (At 2.14-14). 

Onde e quando você deve falar de Jesus? Veja algumas dicas: 

Sempre surge uma oportunidade para testificarmos. O problema é que bem sempre sentimos coragem para tocar no assunto.

Aproveite as oportunidades, por exemplo:

No pátio da escola quando estiver conversando com o colega, sempre surge um assunto que serve de “ponte” para iniciarmos nosso testemunho;

Na loja comprando coisas, você poderá começar a falando sobre o preço dos objetos e aproveita para falar sobre o preço da salvação.

Através de uma correspondência ou de um telefonema;

Nas festas, você pode dar testemunho com suas ações deixando de participar das coisas carnais;
No seu aniversário, ofereça aos seus colegas uma festinha diferente daquelas a que eles não estão acostumados a frequentar;

Nas horas de dificuldades de um colega, você poderá oferecer-se para fazer uma oração, testificando do poder de Jesus;

Emprestando bons livros, CD’s, DC’s, gravação de fitas especiais de hinos e canções evangélicas;

Usando sua criatividade através de bilhetinhos, cartões, folhetos etc..

Testemunhando através do comportamento

O evangelho não é pregado apenas através de palavras. É muito mais observado através do testemunho de vida do cristão. Faça aquilo que você fala. Demonstre amor e educação no seu falar e também no agir. 

Vencendo obstáculos  

Já pensou em pregar o evangelho até os confins da terra? Esta é a meta que a Igreja deverá alcançar. Com certeza, sempre vem os obstáculos que tentam nos impedir de dar testemunho, o diabo não quer ver as pessoas se arrependerem para alcançar salvação. Para vencer todos os obstáculos é preciso jejum, oração, confiança, coragem, disposição e trabalho. Mas existem outras dificuldades a serem ultrapassadas:

Falta de conhecimento Bíblico – muitos crentes dão lugar ao medo e ao desanimo por pensarem não ter argumentos bíblicos para testemunhar as pessoas;

Falta de tempo – quantos crentes estão interessados somente no bem-estar! Estudam, trabalham, divertem-se, mas não buscam se organizar para ter um tempo de intercessão pelas almas perdidas ou mesmo não encontram oportunidade para testificar de Jesus;

Alguns alegam a idade – acham que são jovens demais e que isto é trabalho para o pastor e os adultos da igreja;

Falta de amor – muitos pensam somente em si mesmo. Ficam alegres porque já estão salvos e se esquecem dos que sofrem os horrores pela consequência do pecado;

Alegação sem fundamento – quem sabe você é tímido demais, ou se acha muito pobre, Será que você está com o mesmo sentimento de Gideão achando-se mais pobre e, por isso, o mais improvável para fazer o trabalho para Deus (Jz 6.15)?

Vergonha – infelizmente, muitos sentem vergonha de testificar a sua fé. Preocupam-se com os que o chamar de “fanáticos”, tem medo de serem “zoados” pelos colegas. Se você tem este sentimento de vergonha, pense na vergonha que Jesus sofreu por você ao ser crucificado, como um ladrão.

Conclusão

As suas ações e atitudes poderão colaborar para pessoas serem salvas mesmo em lugares distantes onde você não possa ir pessoalmente.

Comente pelo Facebook ()
Ou Comente Aqui ( 3)

3 Comentários:

  1. Em breve, falarei de Deus em meu Blog, também... te espero lá:

    http://francorebel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. "Mas qualquer que me negar diante dos homens, também eu o negarei diante de meu Pai, que está nos céus." Mateus 10:33

    ResponderExcluir

Caso precise de resposta em sigilo, favor utilizar a nossa página de contato :)