RECONSTRUINDO O MURO

“Então, disseram: Disponhamo-nos e edifiquemos. E fortaleceram as mãos para a boa obra.” (Neemias 2.18b)

No livro de Neemias encontraremos a história de um homem chamado para reconstruir os muros da cidade de Jerusalém, muros que tinham sido queimados e derrubados pelos inimigos.

A tarefa era difícil, quase impossível e haviam muitos que se opunham à obra, muitos que criticavam e ridicularizavam Neemias e aqueles que haviam se ajuntado a ele para reconstruir.

O povo foi distribuído ao longo dos muros por casais ou famílias e cada um/uma era responsável por reconstruir uma parte, seu próprio pedaço do muro, para que a cidade pudesse ser segura e protegida.

Eles enfrentavam constante ameaças dos inimigos, porém, eles estavam decididos e não somente se devotaram totalmente ao trabalho de reconstrução, mas também estavam completamente comprometidos a lutar contra o inimigo, se fosse necessário.

Hoje em dia, a muralha de proteção dos casais e das famílias, está destruída pois a desvalorização do amor e desintegração dos casais, que formam ou pretendem formar uma família através tornaram-se vulneráveis.

Agora cada um enfrenta suas próprias batalhas isoladamente, sem a proteção que era propiciada por uma muralha forte.

Porém, agora chegou a hora de reconstruirmos essa muralha! Exatamente como nos dias de Neemias.

Quando vivemos de acordo com o plano de Deus, visando sua palavra, suas ferramentas e seus princípios, construímos um cerca de proteção em volta do nosso relacionamento e do nosso lar. E nossa família terá um lugar seguro para habitar.

Por isso, para reconstruirmos o muro precisamos da palavra de Deus, que é o que providência a proteção. A palavra de Deus também providência limites, por isso devemos tentar vivermos ao máximo dentro deles. Não podemos querer a proteção desprezando os limites, não podemos fazer o que é certo somente aos nossos próprios olhos.

Quando fazemos o que queremos, através da obstinação, recusamos os limites da palavra de Deus e consequentemente perdemos também a sua proteção.

Nossas cidades agora refletem essa rejeição do plano de Deus, quando vemos a destruição de relacionamentos e famílias. Exatamente como Neemias observou em Neemias 2.14, a destruição é tão grande em alguns casos que só restam entulhos, e talvez os próprios relacionamentos sejam entulhos no momento.Talvez sejam como pedras queimadas que nunca poderiam ser usadas para construir uma muralha forte. Ou talvez, tenham apenas brechas nos muros, pequenas areais de erosão que estão começando a consumir.

Porém se reconhecermos que a melhor forma de reconstruir o muro é fortificá-lo usando a palavra de Deus, não há melhor época para começarmos.

Qualquer que seja a situação no nosso relacionamento hoje, podemos ser abençoando e crescermos no Senhor através de um entendimento e aplicação de seu projeto. Neemias encorajou o povo (Neemias 4.20)

E o Senhor está dizendo, “ Reconstrói”

Por: Luana Raposo

Comente pelo Facebook ()
Ou Comente Aqui ( 3)

3 Comentários:

  1. "Eu aguardo ansioso a ajuda de Deus, o Senhor, e confio na Sua Palavra. Eu espero pelo Senhor mais do que os vigias esperam o nascer do sol." Salmo 130. 5-6

    ResponderExcluir
  2. "Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como não nos dará também com ele todas as coisas?" Romanos 8:32

    ResponderExcluir
  3. "Os meus olhos estão postos continuamente no Senhor, pois ele tirará do laço os meus pés." Salmos 25:15

    ResponderExcluir

Caso precise de resposta em sigilo, favor utilizar a nossa página de contato :)