"FICAR" OU SE SANTIFICAR?

"Que Deus, que nos dá a paz, faça com que vocês sejam completamente dedicados a ele. E que ele conserve o espírito, a alma e o corpo de vocês livres de toda mancha, para o dia que vier o nosso Senhor Jesus Cristo." 1 Tessalonicenses 5.23. 

O que é "Ficar"?

Para alguns, "ficar" é uma amizade que esquentou e já está quase virando namoro, levando duas pessoas a fazerem coisas que amigos não fariam... Para outros, é "quase um namoro", para se fazer experiências, visando a um compromisso sério. E, ainda, para outros, é um tipo de relacionamento moderninho chamado "namoro de férias" ou "amor de verão".

A maioria dos adolescentes encara o "ficar" como pura "curtição". Acham normal um garoto "pegar" várias meninas ou as meninos "pegarem" vários garotos em uma festa. Há adolescentes que disputam quem beijou mais durante a noite.

Alguns psicólogos que não conhecem a palavra de Deus afirmam que "Não há razão para preocupações. Para quê esquentar a cabeça? O que vale, nesse momento, é o prazer pelo prazer". No entanto, de acordo com os princípios bibicos, o hábito "ficar" é pecaminoso e não agrada  Deus. lembre-se do que está escrito em 1 João 2.15? "Não amem o mundo, nem as coisas que há nele. Se vocês amam o mundo, não amam a Deus, o Pai". Amém.

Santo eu?

Muitas pessoas não entendem o que significa isso. As pessoas do mundo pensam que o título de ser santo só se aplica aqueles que já morreram e, depois, foram canonizados pelo papa...

Mas ser santo é a condição para uma pessoa ver a Deus, tanto nessa vida quanto no futuro (Hb 12.14; 1 Jo 3.1-3). Se você compreender o real significa da santificação, terá prazer para segui-la. Há vários conceitos errados sobre a vida de santificação, como o que não leva em conta o fato de os prazeres do mundo serem serem passageiros e conduzirem ao inferno (Gl 5.16-19; Ap 21.8). Quanto ao prazer desfrutado na presença do Senhor, começa aqui e permanece para sempre (1 Jo 2.15-17 ; Rm 8.18).

Ser Santo não é ter aparência de piedade. Há pessoas que falam baixinho , vestem-se de modo simplório. Outras partem para o extremismo, preocupando-se demasiadamente com medidas de roupas - o diâmetro da barra da calça, a largura da gravata, o comprimento da saia... Não confunda santificação com fanatismo. Os fanáticos agem de forma exagerada, apegando-se a uma santidade que nem Deus exige de nós (Ec 7.16,17).

Segundo a Bíblia, devemos nos precaver quanto as doutrinas de homens que são centradas em coisas e ideias passageiras (Cl 2.21,22). Ser santo não significa considerar tudo pecado. Mas também não implica  achar que nada é pecaminoso. É ser equilibrado em tudo, sabendo distinguir o certo de acordo com a palavra de Deus (Hb 5.12-14).

O que é a santificação?

Você já percebeu que a santificação é um dos assuntos menos pregados nas igrejas? Apesar disso, desde os tempos antigos, ela é condição para se receber as bençãos espirituais (Js 3.5; 2 Cr 7.14).

Mas, o que é a santificação? É a separação das coisas que não agradam o Pai: ... Sejam completamente dedicados a ele e que fiquem livres da imoralidade... Deus não nos chamou para vivermos na imoralidade, mas, para sermos completamente dedicados a Ele (1 Ts 4.3-7). Leia também em Lévitico 11.44. O crente deve ter uma vida de separação total das coisas do mundo.
Em 1 Tessalonicenses 5.23 vemos que a santificação envolve uma consagração total ao Senhor (Dn 1.8) e abrange tudo o que há em nós: espírito, alma e corpo. O que é o espírito? É a parte mais fundada e importante do nosso ser; trata-se de um canal exclusivo de comunhão com Deus (Jo 4.23,24 ; Rm 1.9). E o que é alma? É a parte da matéria por meio da qual pensamos, sentimos e agimos. Ela está relacionada  diretamente com a pessoa humana, enquanto o espírito relaciona-se diretamente com Deus (Lc 10.27).

O espírito e a alma são distintos (Hb 4.12) uma vez que uma mesma pessoa pode ter ações diferentes e simultâneas, envolve essas duas partes. A mãe de Jesus, Maria, engrandeceu ao Senhor por meio da alma e alegrou-se em Deus por meio do espírito, ao mesmo tempo (Lc 1.46,47). O profeta Isaías também relatou uma experiência similar (Is 26.9).

Mas, e o corpo, o que é? É o invólucro, a "embalagem" da alma e do espírito. É por meio do corpo que nos relacionamos com o mundo material, mediante cinco sentidos: visão, audição, olfato, paladar e tato. Como templo do Espírito Santo (1 Co 6.19,20) o corpo não deve ser contaminado com as imoralidades desse mundo.

Talvez você pergunte: “O que tem a ver o ficar com o santificar?” Muita coisa. Apesar de a Palavra de Deus permanecer sempre (1 Pe 1.24,25), os livros da Bíblia foram escritos numa época em que coisas atuais não existiam. Por isso, não há menção direta ao "Fica". Mas não se esqueça dos princípios da Palavra do Senhor, que nos dão, sim, respostas a questionamento do tipo: É pecado Ficar? Por quê? Quando lemos 1 Coríntios 6.12 e 10.23, vemos que há coisas que embora sejam lícitas, não inconvenientes, dominadas, não edificantes, embaraçadoras e impróprias para um servo do Senhor. Portanto, você já sabe: Quem gosta de ficar vai ficar mesmo! Não perca o seu tempo com coisas passageiras e sem valor. Estude. Ocupe-se com coisas realmente edificantes.

Comente pelo Facebook ()
Ou Comente Aqui ( 1)

1 Comentário:

  1. Muiito interessante esse site
    vc falando sobre assuntos muito importatentes pra a juventude de hoje
    que Deus continue lhe sabedoria pra esse seu trabalho lindo! Paz...

    ResponderExcluir

Caso precise de resposta em sigilo, favor utilizar a nossa página de contato :)