RESTAURANDO A ALIANÇA COM O PAI CELESTIAL


Como foi nos dias de Noé, assim também será na vinda do Filho do homem. Pois nos dias anteriores ao dilúvio, o povo vivia comendo e bebendo, casando-se e dando-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca; e eles nada perceberam, até que veio o dilúvio e os levou a todos. Assim acontecerá na vinda do Filho do homem. Dois homens estarão no campo: um será levado e o outro deixado. Duas mulheres estarão trabalhando num moinho: uma será levada e a outra deixada. “Portanto, vigiem, porque vocês não sabem em que dia virá o seu Senhor.” (Mateus 24.37-42)

Quando nos referimos à época do dilúvio o primeiro pensamento que vem a nossa mente é: “nossa, como os homens dessa época eram perversos, por isso Deus destruiu tudo”, mas a nossa geração não é diferente da geração de Noé. “Nos últimos dias sobrevirão tempos difíceis; pois os homens serão egoísta, avarentos, orgulhosos, vaidosos, xingadores, ingratos, desobediente aos pais, irreverentes, não amarão ao próximo, serão duros, caluniadores, sem domínio próprio, violentos, inimigos do bem, traidores, atrevidos, amarão mais os prazeres do que a Deus.” (2 Timóteo 3.1-4) Nos últimos dias o amor de muitos se esfriará... A Bíblia diz isso.

Mas, quero falar sobre a aliança de Deus conosco: Jesus venceu o poder da morte (não se deve lembrar disso apenas na páscoa). Foi o sacrifício válido para sempre! A aliança entre o homem e Deus restaurada. Você pode compreender o poder dessa aliança? É o sangue do próprio filho de Deus que nos leva até o Pai para SEMPRE. Não apenas por um momento, mas uma aliança que jamais poderá ser quebrada, foi selada com o sangue do CORDEIRO.

Mesmo em meio a uma geração corrupta. Deus encontrou Noé. E a pergunta que quero fazer aos leitores desse texto: o Senhor te encontraria no meio de uma geração corrupta? Ou você está tão camuflado no sistema do mundo que já se tornou indiferente?

Não desperdice sua vida! Você foi feito para a eternidade, mas enquanto viver aqui na Terra tem uma missão: fazer o Senhor conhecido! Isso não significa que você precisa andar com uma plaquinha na testa escrito: “eu sou cristão”.

Quando passamos muito tempo com uma pessoa, ficamos parecidos com ela. Ser parecido com Jesus é consequência de passarmos muito tempo em Sua presença, não é algo impossível.

Quero voltar a focar na aliança: muitas vezes nos sentimos tão indignos e pensamos que já não somos úteis para o Senhor. Mas Ele é tão perfeito em tudo que faz: mesmo sabendo que pecaríamos incontáveis vezes, desprezando o amor Dele, Ele escolheu nos amar.

Se você sente que a sua aliança com o Senhor precisa ser restaurada, a boa notícia é: AINDA HÁ TEMPO. Ele é o mais interessado em restaurar essa aliança. Sabemos que próxima está à volta de Jesus (apesar de essa frase ter se tornado um clichê). Que, como igreja, possamos ser achados puros e irrepreenssíveis na volta do nosso Amado Noivo.

Que possamos ser os Noés dessa geração. Não deixe que o sistema sufoque o que Deus plantou em seu coração. Lembre-se: nossa vida é como uma neblina, aparece e vai embora. O que realmente importa é a ETERNIDADE. O ÚNICO MOTIVO DE VOCÊ ESTAR VIVO É PARA ADORAR O SENHOR.

Faça isso agora, não deixe pra depois. “Quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu de forma imaculada a Deus, purificará a nossa consciência de atos que levam à morte, para que sirvamos ao Deus vivo! Por essa razão, Cristo é o mediador de uma nova aliança para que os que são chamados recebam a promessa da herança eterna, visto que ele morreu como resgate pelas transgressões cometidas sob a primeira aliança.” (Hebreus 9.14-15)

“Não tenha medo; você não sofrerá vergonha. Não tema o constrangimento; você não será humilhada. Você esquecerá a vergonha de sua juventude e não se lembrará mais da humilhação de sua viuvez. Pois o seu Criador é o seu marido, o Senhor dos Exércitos é o seu nome, o Santo de Israel é seu Redentor; ele é chamado o Deus de toda a terra. O Senhor chamará você de volta como se você fosse uma mulher abandonada e aflita de espírito, uma mulher que se casou nova, apenas para ser rejeitada”, diz o seu Deus.

“Por um breve instante eu a abandonei, mas com profunda compaixão eu a trarei de volta. Num impulso de indignação escondi de você por um instante o meu rosto, mas com bondade eterna terei compaixão de você”, diz o Senhor, o seu Redentor.

“Para mim isso é como os dias de Noé, quando jurei que as águas de Noé nunca mais tornariam a cobrir a terra. De modo que agora jurei não ficar irado contra você, nem tornar a repreendê-la. Embora os montes sejam sacudidos e as colinas sejam removidas, ainda assim a minha fidelidade para com você não será abalada, nem a minha aliança de paz será removida”, diz o Senhor, que tem compaixão de você. (Isaías 54.4-10)

“Diante de tudo isso, o que mais podemos dizer? Se Deus está do nosso lado, quem poderá nos vencer? Ninguém! Porque ele nem mesmo deixou de entregar o próprio Filho, mas o ofereceu por todos nós! Se ele nos deu o seu Filho, será que não nos dará também todas as coisas? 33. Quem acusará aqueles que Deus escolheu? Ninguém! Porque o próprio Deus declara que eles não são culpados. 34. Será que alguém poderá condená-los? Ninguém! Pois foi Cristo Jesus quem morreu, ou melhor, quem foi ressuscitado e está à direita de Deus. E ele pede a Deus em favor de nós. 35. Então quem pode nos separar do amor de Cristo? Serão os sofrimentos, as dificuldades, a perseguição, a fome, a pobreza, o perigo ou a morte?”

Como dizem as Escrituras Sagradas: 36. “Por causa de ti estamos em perigo de morte o dia inteiro; somos tratados como ovelhas que vão para o matadouro.” Em todas essas situações temos a vitória completa por meio daquele que nos amou. 38. Pois eu tenho a certeza de que nada pode nos separar do amor de Deus: nem a morte, nem a vida; nem os anjos, nem outras autoridades ou poderes celestiais; nem o presente, nem o futuro; 39. Nem o mundo lá de cima, nem o mundo lá de baixo. Em todo o Universo não há nada que possa nos separar do amor de Deus, que é nosso por meio de Cristo Jesus, o nosso Senhor. A relva murcha e as flores caem, mas a Palavra de nosso Deus permanece eternamente!” (Romanos 8.31-39).

Encerro com esse vídeo que muito irá edificar: "a mais terrível verdade das Escrituras"


Restaure sua aliança com Deus! O sangue de Jesus nos purifica de todo pecado... Seja livre da culpa, se perdoe e não de ouvidos a voz acusadora de Satanás. Ore, se apegue a Bíblia e se lance aos pés do Pai. O amor Dele é o elo perfeito!

Com carinho, Caroline Melo

Comente pelo Facebook ()
Ou Comente Aqui (0)

Seja o Primeiro a Comentar!

Caso precise de resposta em sigilo, favor utilizar a nossa página de contato :)