UMA OBRA INACABADA


Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo (Filipenses 1.6).

Nós precisamos entender que somos como uma obra, na qual o Espírito Santo trabalha diariamente, e, ás vezes, algumas pessoas não tem paciência de esperar e tomam a “ferramenta” das mãos de Deus e tentam agilizar a obra, a fim de ver o resultado final logo. Esse tempo é perdido, e fazendo isso você atrasa a realização do projeto de Deus na sua vida.  É claro que Ele não vai desistir. Quando você cansa de trabalhar sozinho, e frustrado pedi que ele assuma a obra novamente, Ele mansamente te perdoa e retoma o trabalho na sua vida, e continua trabalhando. Só que no tempo Dele, não no seu, ou no meu.  Deus não vai “agilizar” nada pra te agradar, você pode chorar, “espernear”, fazer birra,  pois não vai adiantar nada. Não existe lugar pra dois “mestres de obra” na sua vida, ou é você, ou é Deus. Não tem como fazer combinações. “Então faz o seguinte Deus, vamos trabalhar no seu modo... Mas no meu tempo!”. NÃO!

TEMPO E MODO

A verdade é que você não pode escolher que Deus use só um deles na sua vida. Se você fizer isso, vai contemplar uma obra mal feita, sem alicerce, com a estrutura comprometida. Isso mesmo… Estrutura.  Quando Deus trabalha com o tempo e o modo Dele é porque ele sabe que no futuro você vai precisar ter uma estrutura forte, que você vai precisar estar firmado na rocha, e não na areia do mar. Deus faz tudo isso porque ama você,  não porque Ele adora fazer você esperar.

Vou colocar um exemplo aqui pra vocês entenderem melhor o que Deus está querendo dizer com tudo isso. Essa é velha… Todo mundo conhece, hahahha. Se você não conhece,  melhor  ainda.

“Um dia, uma pequena abertura apareceu em um casulo. Um homem sentou-se e passou a observar a borboleta que, por várias horas, se esforçava para fazer com que seu corpo passasse através daquele pequeno buraco. Então, em certo momento, pareceu que ela parou de fazer qualquer progresso, parecia que ela tinha ido o mais longe que podia e não conseguia mais continuar nessa sua missão de deixar o seu casulo.

Então o homem decidiu ajudar a borboleta. Ele pegou uma tesoura e cortou o restante do casulo. A borboleta então saiu facilmente, mas seu corpo estava murcho, era pequeno e tinha as asas amassadas, atrofiadas. O homem então continuou a observar porque ele esperava que, a qualquer momento, as asas dela se abrissem e esticassem para serem capazes de suportar o corpo, que iria se afirmar a tempo. Nada aconteceu. Na verdade, a borboleta passou o resto de seus dias rastejando com um corpo murcho e as asas encolhidas. Ela nunca foi capaz de voar. O que o homem, em sua gentileza, em sua vontade de ajudar, não compreendia, era que o casulo apertado e o esforço necessário para a borboleta passar através de sua pequena abertura, era o modo com que a natureza agia para que o fluido do corpo da borboleta fosse para as suas asas, de modo que ela estaria pronta para voar, uma vez que estivesse livre do casulo.”

Nessa pequena história nós vemos o propósito de Deus nas coisas. A borboleta passa por um processo de muito esforço pra sair do casulo, e isso leva tempo. Deus não poderia simplesmente fazer  a borboleta já nascer bela e formosa, sem precisar de tudo isso, voando e embelezando e "bla bla bla"? Mas não, a borboleta foi uma lagarta,  e essa lagarta se transforma graças ao tempo e ao modo que Deus instituiu na natureza. O tempo é longo, o modo é dificultoso e o resultado é espetacular. É isso que Deus tem tentado fazer na sua vida. Esse é o propósito das pedras no seu caminho. Do tempo que você tem esperado.

Deus pretende melhorar a sua vida sempre, todos os dias e  em todos os aspectos. Basta você não interromper a obra e confiar que ele vai caprichar. Afinal… É a casa do Espírito Santo.

Por Van


Olá galera, tudo beleza? Então... Eu iria escrever algo, porém encontrei este texto no VJC (Vida Jovem Cristã), achei muito interessante, por isso escolhi compartilhar com vocês.

Bom fim de semana a todos; Fiquem na paz.

Comente pelo Facebook ()
Ou Comente Aqui (0)

Seja o Primeiro a Comentar!

Caso precise de resposta em sigilo, favor utilizar a nossa página de contato :)