FOME E SEDE, VOCÊ TEM? (RE-ESCRITO)

Sentir fome e sede são coisas normais e necessárias para o funcionamento de qualquer ser vivo, seja um ser humano ou uma planta. Necessidades que são supridas quando possível. Neah?

Como os seres humanos são compostos de coração, mente, alma e espírito nós temos fome e sede de outras substâncias. Substâncias não perecíveis, não palpáveis! São coisas que podemos encontrar em vários lugares: cinema, paixões, danças, livros, artes, amigos... 

(não vou colocar bebidas alcoólicas, drogas ou sexo, porque elas estão implícitas e creio que já são fixas em sua mente, sem falar que não quero falar delas no post) 

Contextualizando: Quando me pego lendo mangás um atrás do outro, assistindo vários filmes cujas histórias me confortam de alguma forma (geralmente os prediletos) percebo que estou com fome e sede. Na verdade, sedenta e faminta. Observo que enquanto estou ali, mergulhada nesses mundos paralelos, estou me alimentando (sem fome e sede), mas logo após sair dali um buraco aparece em mim: estou faminta, estou sedenta de novo. Sinceramente, só cheguei a essa conclusão após vários episódios desses, os quais não  são seguidos, se encontram espalhados pelos dias da minha vida. Dias de comilança compulsiva e insípida. 

Após perceber isso, me sinto simpatizada pela situação da mulher Samaritana (Jo 4), mais que simpatia vejo semelhança, confronto e ensino. Ao ler o diálogo dela com Jesus a percebo cansada/enfadada/ esgotada, faminta e sedenta. Cansada de continuar com fome e sede após se alimentar. Enfadada de ser dependente dessas coisas para se satisfazer momentaneamente. E esgotada  por não ter forças, pois se alimenta de coisas insípidas, sem nutrientes. Por isso quando Jesus oferece a ela "água viva" (v.10) que sacia a sede (v.13-14) ela prontamente aceita, ela quer esta água! A mulher queria ser satisfeita, não estar faminta nem sedenta mais. Ela queria estar em paz.  

Jesus Cristo afirma que esta água fará nascer uma fonte de água viva (v.13-14). 


-Então porque você/eu tem/tenho sede e fome?
 Por que ainda após aceitar a Jesus você/eu teve/tive fome e sede?

Perguntas que ouço sair da sua mente, e da minha também. Como resposta, tenho isto: 

1) Nós não bebemos dessa água ainda. Pois, não sabemos o que ela é. Ou recebemos ela já meio suja: a pregação e ensino mastigado, distorcido, relativizado, manipulado.
2) Nós não bebemos o suficiente ainda. Pois, paramos na caminhada, nos restringimos a uma parte dos ensinos de Jesus, ou resolvemos beber de outras fontes.
3) Não permitimos que a água se torne fonte. Pois, guardamos ela dentro de nós - não partilhamos, nem permitamos que ela escorra por nossa vida.
4) Nosso vaso pode estar trincado, rachado ou quebrado.
5) Nosso coração pode estar cheio de pedras, a água bate e corre, não se infiltra na terra (coração).

Sei que podemos achar mais causas, respostas, mas estas já apontam um caminho. Talvez você se sinta como eu e como a samaritana, a questão é: O que você vai fazer a respeito? Que água você quer beber? Que comida quer comer? 

"Não busque migalhas, enquanto Jesus te oferece um banquete. Não busque esmolas, aquilo que sobra, enquanto Jesus te oferece o Reino."

Comente pelo Facebook ()
Ou Comente Aqui (0)

Seja o Primeiro a Comentar!

Caso precise de resposta em sigilo, favor utilizar a nossa página de contato :)