A IGREJA TE FAZ BEM? - PARTE I


"Ir a Igreja tem feito você ser uma pessoa melhor? 
Ter um cargo/função na Igreja tem feito você ser uma pessoa melhor?
Ou você vai a Igreja por costume, para simplesmente se reunir?"

Estas foram as perguntas que a Pastora Gisele Loyola fez após ler 1 Co 11.17-34.

E elas foram as que mais me impactaram e me levaram a pensar durante e depois do culto de ontem (domingo).

Não são poucos os testemunhos que ouvi sobre pessoas que foram à igreja e tiveram as suas vidas mudadas. Também não foram poucas as vezes que ouvi pastores/lideres falando que há pessoas que podem fazer as coisas e não fazem. Ambas as situações vem de encontro as perguntas iniciais.

Os cristãos em Corinto não se reuniam mais para festejar a Santa ceia ou a Festa Ágape, o amor, e provavelmente não tinham mais amor uns pelos outros. O que vemos na exortação da Santa Ceia é uma igreja divida por discussões(v.18-19), classes econômicas (v. 21-22), e falta de amor (v.33). O que era importante, essencial, já havia se tornado costume, rotina nesta igreja, e uma forma de fazer o mal ao invés do bem (v.17). Mais que isso o esbanjar e esnobar sobrepunha o amor e a partilha que Jesus Cristo havia ensinado aos discípulos

-Que terrível cena!

O auge, o clímax, da exortação aos cristãos de Corinto é essa:
De sorte que, quando vos ajuntais num lugar, não é para comer a ceia do Senhor. (1 Coríntios 11.20)
Pois o comer a ceia do Senhor é o amar o próximo, não com palavras mas com atitudes que demonstrem o amor de Deus.  Jesus amou mais com atitudes do que com palavras, e amou tanto que se identificou com a dor daqueles que o cercava.

Uma OBS: Creio que muitas famílias não são salvas porque os cristãos não demonstram o amor de Deus aos próprios familiares, talvez digam do amor, mas palavras são esquecidas quando as atitudes falam o contrário.

Então quando Paulo diz:
Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice. (1 Coríntios 11.28)
Ele não está pedido para você reaver sua vida e enxergar os pecados (mentir, roubar, adulterar, matar e destruir,...,) e sim o pecado de não amar o outro. Pois comer e beber indignamente é aquele que come e bebe sem estar em comunhão com o irmão/irmã. Nisto come e bebe para sua própria desgraça, pois aquele que intenta contra o corpo de Cristo (o outro, o próximo) intenta contra Cristo e contra sí próprio, pois amar o outro como a mim mesmo é ver no outro eu mesmo. E saber que ele é parte do mesmo corpo que eu sou, o corpo de Cristo. 

Então, "Ir a Igreja tem feito você ser uma pessoa melhor?

Ter um cargo/função na Igreja tem feito você ser uma pessoa melhor?"
Participar da Santa Ceia tem feito você ser uma pessoa  melhor? 

A pastora terminou dizendo: " Se a resposta é não, você está perdendo tempo vindo à igreja."
  
P.S.: Post escrito a partir da pregação da Pastora Gisele Loyola, da 4ª Igreja Presbiteriana Renovada de Campo Grande - MS, com comentários adicionais meus. 

Fiquem na Paz do Senhor. 

Comente pelo Facebook ()
Ou Comente Aqui (0)

Seja o Primeiro a Comentar!

Caso precise de resposta em sigilo, favor utilizar a nossa página de contato :)