COMO PENSAR NAS "COISAS DE CIMA" COM TANTAS COISAS "DE BAIXO"?

Imagem retirada do Jovem Pan.
"Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra" (Colossenses 3.2)

Tá bom Bruno, mas quando Paulo escreveu isso não existia Parque de diversão. Não existia futebol. Não existia balada...

É, meu amigo, não existia não. Na verdade, o entretenimento na época era bem cabuloso. Em arenas, como o mundialmente famoso Coliseu, a diversão era o massacre de pessoas. A diversão era a carnificina dos gladiadores, homens armados que lutavam até a morte para ou não serem mortos ou satisfazerem a grande massa romana que vibrava nas arquibancadas por violência. Você hoje reclama da alta taxa de iluminação pública que paga... O imperador Nero achou a solução a muitos anos atrás! Pois, numa mistura de ódio e diversão, quando cristãos não eram jogados aos leões eram acesos como tochas para servir de iluminação pública. Hoje você pensa no quanto isso tudo era brutal e grotesco, porém, na época, isso era fonte de lucros, de favores políticos, de poder e de "alegria". Era tão normal quanto ver uma partida de futebol na Tv.

Sabe, se divertir está longe de ser pecado. Na verdade, quem não se diverte tende a depressão. O mundo é cheio de coisas que ainda se vale a pena participar. Como não pensar nas coisas da terra, oh Bíblia Sagrada, já que vivemos aqui, respiramos o mesmo ar, temos que trabalhar e estudar pra conseguir uma bolsa de estudos?!

Na verdade os colossenses na época estavam sendo carnalmente cegado pelas coisas da terra. Com a correria do dia-a-dia, com tantas ofertas e apelos da mídia e da internet acabamos por ser tentados a pensar mais no que é carnal do que no que é espiritual. As coisas da terra são perecíveis e fazer qualquer delas não nos aproxima de Deus. O que nos aproxima de Deus e nos livra desse sistema impuro e injusto que é o mundo, é pensar nas coisas que são de cima, pensar nas coisas que são de Deus. O contexto de Paulo era esse. Ele queria que a Igreja passasse a fazer as coisas aqui na terra focada nas coisas do Céu, nas coisas que são de Deus. Tudo deveria ser feito para a Glória de Deus! (1 Coríntios 10.31)

Ora, e apesar do servir a Deus ser por amor e não pelas dádivas celestiais que possamos ganhar, temos uma garantia animadora vinda da parte do próprio Senhor Jesus: "Também todos aqueles que tiverem deixado casas, irmãos, irmãs, pai, mãe, filhos ou terras, por causa do meu Nome, receberão cem vezes mais e herdarão a vida eterna." (Mateus 19.29); "Buscai, assim, em primeiro lugar, o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas." (Mateus 6.33).

Fiquem na Paz.

Comente pelo Facebook ()
Ou Comente Aqui (0)

Seja o Primeiro a Comentar!

Caso precise de resposta em sigilo, favor utilizar a nossa página de contato :)