TRÊS PASSOS PARA IR APÓS JESUS

Imagem tirada de: Google.com

Uma das coisas que estamos vendo muito no corpo de Cristo nos dias de hoje, são pessoas se intitulando Cristãs, mas não seguem a Cristo como deveriam seguir. São apenas seguidores de uma religião.

O que na verdade seria ser cristão?

Ser cristão é seguir os mesmos passos de Jesus, andar pelo caminho que Ele andou, pensar nas coisas que Ele pensava, fazer o que Ele fazia e, principalmente: amar as pessoas como Ele amava. Ser cristão, é ser um “mini Cristo”, é diminuir para que Ele possa crescer.

Mas como tomar realmente esse chamado “Cristão”?

“Então, Jesus disse aos seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me.” Mateus 16.24.

Aqui vemos três instruções dadas pelo próprio Cristo, para quem quer realmente ser um Cristão:

A si mesmo se negue:  podemos ver muitas pessoas hoje, se intitulando cristãs, mas não deixando a vida que tinham. Querem render-se aos prazeres do mundo, a suas próprias vontades, não querem negar a si mesmas. Dizem-se “cristãs”, mas continuam vivendo uma vida normal, nos padrões desse mundo. Ou Jesus é tudo na nossa vida, ou Ele não será nada. Ou nos entregamos totalmente a Ele, ou não damos nada. Com Cristo não existe meio termo. Ou aceitamos o chamado dEle e largamos TUDO, ou O rejeitamos e continuamos a viver no mundo.

Tome a sua Cruz: Jesus, para se tornar ser humano como nós, se despiu de toda sua glória, majestade e poder. Abriu mão de tudo o que tinha e era. Veio a terra como eu e você. Muitas pessoas se dizem carregar sua cruz, apenas porque carregam um monte de problemas nas costas, ou carregam um fardo pesado demais, no qual Deus não deu. Mas hoje, queria dizer a você que: Seu marido autoritário, seus filhos bagunceiros, seus pais irritantes, seus professores chatos, seu trabalho que você não suporta, Não são a sua cruz. Tomar a sua cruz, é abrir mão dos seus direitos por amor ao próximo, é alguém ferir-lhe a face, e você dar a outra. É alguém te pedir a túnica, e você dar também a capa. É andar a segunda milha. É dar a quem te pede, sem esperar nada em troca. É amar e orar pelos seus inimigos. Resumindo: É fazer tudo o que Cristo faria.

Siga-me: finalmente, você pode seguir a Jesus. Esse chamado “Seguir Jesus” se refere a comprometimento. Mais uma vez eu digo: Ou negamos a nós mesmos, ou negamos a Ele. Ou seguimos nosso próprio caminho, ou seguimos a Ele. Comprometimento definitivamente limita escolhas, porque é exclusivo. Comprometimento constrói e desenvolve caráter. É uma disciplina Espiritual, um projeto de vida que requer tempo, trabalho e determinação. Seguir Jesus não é uma tarefa fácil, mas certamente é o melhor caminho a seguir.

Termino com essa palavra: “Porque nós que vivemos, somos sempre entregues à morte por causa de Jesus, para que a vida de Jesus se manifeste em nossa carne mortal.” 2 Coríntios 4.11

“Por isso, não desanimamos; pelo contrário, mesmo que nosso homem exterior se corrompa, contudo, o nosso homem interior se renova de dia em dia. Porque nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eternos peso de glória, acima de toda comparação. Não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que não se veem; porque as que se veem são temporais, e as que não se veem são eternas.” 2 Coríntios 2.16-17.

No amor de Cristo!

Comente pelo Facebook ()
Ou Comente Aqui (0)

Seja o Primeiro a Comentar!

Caso precise de resposta em sigilo, favor utilizar a nossa página de contato :)