ADORAR EM MEIO A DOR

Imagem retirada de: Meninados olhos de Deus 

Olá amigos de Deus, a paz do Senhor! Tudo bem com vocês? Espero que sim!

Hoje eu gostaria de falar sobre Jó, um servo de Deus, um exemplo de fidelidade para nós. Observe o versículo abaixo:

“Então Jó se levantou, e rasgou o seu manto, e rapou a sua cabeça, e se lançou em terra, e adorou.” (Jó 1.20)

Para sua melhor compreensão, leia todo o 1º capítulo de Jó.  

Muitas vezes, me pergunto o porquê dos justos sofrerem. Às vezes, vemos os ímpios se dando “bem” e os servos de Deus enfrentado aflições. Mas tem algo que muito me alegra, em todas as lutas de um justo Deus se faz presente; há aprendizado, há experiências, amadurecimento e um resultado incrível. O que adianta estar “aparentemente bem”, mas sem a presença de Deus? É melhor enfrentar momentos difíceis com Jesus, do que viver nesse mundo sem Ele.

Esse versículo foi o tema de uma pregação no culto do dia 22/02/15, na igreja que visitei, foi uma mensagem maravilhosa, refleti e aprendi muito. E, por isso, gostaria de compartilhar com vocês uma breve reflexão sobre o exemplo que Jó nos deu.

Ele, um homem justo, que tinha riquezas, vivia bem, possuía tudo que um ser humano gostaria de ter, de repente, recebe em sequência, notícias de tragédias e perdas.

É isso mesmo! Ele perdeu tudo o que tinha. Você consegue imaginar a dor de Jó ao perder os 10 filhos de uma só vez? Ao perder todos os seus bens materiais? Ao perder a saúde? Ao ver sua esposa se virar contra ele? E seus amigos ao invés de ajudá-lo, desanimá-lo ainda mais?

Ele sofreu muito, mas foi paciente, se manteve fiel a Deus, porém, o que mais me chamou a atenção é que após receber a notícia das perdas, ele se lançou em terra e ADOROU. É isso mesmo, ele adorou o Senhor! O que você e eu teríamos feito? Às vezes, com pequenos detalhes da vida já nos revoltamos contra Deus, imagina perder em instantes tudo o que se tem? E pior, perder todos os seus filhos?

Queridos, às vezes, parece que Deus está de braços cruzados para nós. Às vezes, parece que Deus se esqueceu da nossa situação, ou que Ele não se importa com o nosso sofrimento. Quantas vezes não entendemos o motivo d’Ele permitir certos acontecimentos. Vemos o mundo se dando bem, e nós, cristãos sofrendo as aflições desse mundo. Mas, lembre-se que em tudo o Senhor tem um propósito, além do mais, todas as coisas cooperam para o bem daqueles que O amam, ou seja, sejam bons ou maus acontecimentos, tudo irá cooperar para o nosso bem.  

Se desesperar, perder a cabeça, blasfemar, não vai ajudar em nada, apenas adore em meio à “tempestade”, siga o exemplo de Jó. A sua reação diante do problema é onde está a diferença!

Eu sei que quando estamos diante de um problema, não existe um ser humano capaz de sentir o que estamos sentindo. Nenhuma palavra é suficiente para aliviar a nossa dor. Nada é capaz de nos motivar. Pensamentos negativos invadem a nossa mente, não vemos saída, nem solução, não vemos Deus. É aí que nos enganamos. Deus está presente a todo o momento em nossa vida, nos bons e nos ruins. O Espírito Santo nos ajuda, nos consola. Jesus é o nosso amigo, Ele nos entende, pois Ele viveu aqui na terra como um ser humano, enfrentou desafios como qualquer um de nós, por isso, Ele entende o que sentimos, o que passamos, Ele se coloca ao nosso lado e enfrenta todas as dificuldades conosco.

Não estamos sozinhos, não fomos desamparados! Deus haje de uma maneira especial em cada vida e tudo é para o nosso crescimento. Mesmo que não faça sentido agora, mesmo que isso pareça “ridículo”, creia e adore, pois você vai entender, vai agradecer a Ele um dia.

Só sabe o que é a dor quem já a sentiu. Só sabe o que é a doença quem já a enfrentou. Só sabe o que é perder um filho quem já perdeu. Então leitor, você não é o único que enfrentou momentos de terror, Jó e muitos outros servos de Deus enfrentaram situações, talvez, até mais delicadas que a sua.

Você sabe por que é relatada a história dos servos de Deus na Bíblia? Para servir de exemplo para nós, para sabermos que não estamos sozinhos na jornada até o céu. Assim como nós, homens e mulheres tementes a Deus tiveram dificuldades, mas eles nos ensinam o que é adorar por excelência, o que é ser intensamente fiel, o que é o amor verdadeiro.

Cantamos hinos no qual prometemos adorar em qualquer situação, em qualquer lugar, mas será que estamos realmente dispostos a nos entregar a Deus, por inteiro? Adorá-lo em meio ao vale da sombra e morte? É muito fácil cantar quando tudo vai bem, quando temos comida na geladeira, quando temos saúde, quando os filhos são maravilhosos, quando o dinheiro não falta. Mas estamos verdadeiramente dispostos a adorar quando tudo for de mal a pior? Temos fé o suficiente para isso?

Que nós possamos nos tornar verdadeiros adoradores, verdadeiros servos de Deus. Que sejamos cristãos em todos os momentos da nossa vida. Que sejamos o espelho para os que estão a nossa volta e para as futuras gerações, assim como os homens e mulheres de Deus foram para nós.

Não é fácil servir a Deus e Ele nunca disse que seria, pelo contrário, em várias passagens bíblicas Ele nos alerta sobre tamanha dificuldade que enfrentaríamos, mas em tudo Ele nos promete EU ESTAREI COM VOCÊ EM TODO MOMENTO. Que possamos estar com Ele em todas as circunstancias, assim como Ele está conosco.

No mundo estamos sujeitos a enfrentar tudo de bom e de ruim, mas que nós possamos enfrenta-lo com a presença de Jesus. Que possamos ser a diferença, a luz. Que possamos levar a paz, a alegria para os corações partidos. Que almejemos ser verdadeiros cristãos.

Você conseguiria adorar depois de uma sequência de más notícias e perdas? Tenho uma boa notícia, você consegue! A questão é: você quer? A decisão é sua! A escolha é você quem faz! Você decide como vai lhe dar com as dores da vida. Nunca se esqueça que Deus está com você! Lembre-se: em meio à tempestade, Jesus está contigo!

Versículos para meditar

Ainda que a figueira não floresça, nem haja uvas nas videiras; mesmo falhando toda a safra de olivas, e as lavouras não produzam mantimento; as ovelhas sejam sequestradas do aprisco, e o gado morra nos currais, eu, todavia, me alegrarei no SENHOR, e exultarei no Deus da minha salvação! Habacuque 3.17-18

Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu não me esquecerei de ti. Eis que nas palmas das minhas mãos eu te gravei; os teus muros estão continuamente diante de mim. Isaías 49.15-16

Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça. Isaías 41.10

Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. João 4.23

Essa é a mensagem que eu quero compartilhar com vocês, espero que eu tenha contribuído em algo na sua vida. Qualquer dúvida, testemunho, dica, entre em contato conosco.

Com amor e carinho.  

Comente pelo Facebook ()
Ou Comente Aqui (0)

Seja o Primeiro a Comentar!

Caso precise de resposta em sigilo, favor utilizar a nossa página de contato :)