AS VIRTUDES

Imagem relacionada
Imagem retirada de: Recados para você

Amor. Quando você permite o amadurecimento dessa virtude, o egoísmo um sentimento que o leva a viver em torno de você mesmo, sem se preocupar com os outros - é destronado de seu coração. E, sabe o que resta? O amor! E você se torna amável  amoroso e começa a pensar e se preocupar com os outros (Rm 13.9; Lc.25-27)

Alegria. Ao permitir que o Espírito Santo atue em sua vida, você sentirá uma alegria intensa (Sl 149.5,6), completa (Jo 17.13), servindo-lhe de bom remédio (Pv 17.22). Essa alegria deixará o seu rosto mais bonito (Pv 15.13) e o fortalecerá no Senhor ( Ne 8.10)

Paz. Em um mundo de tanta intolerância e guerras por toda parte, Deus deseja que seja pacificador. Sabia que você só pode ser pacificador  depois de se tornar pacífico? Isso mesmo! Somente após obter a paz com Deus (Fp 4.7), mediante o fruto do Espírito, você conseguirá ter paz com os outros, sendo comunicador dessa virtude (Mt 5.9)

Longanimidade. O que é longanimidade  É ter ânimo longo, isto é, paciência:  "A pessoa que se mantém calma e sábia, mas a que facilmente perde a calma mostra que não tem juízo" (Pv 14.29)

Benignidade. O mundo está no maligno (1 Jo 2.19) , mas o crente tem de ser benigno, dócil, gentil. Aparentemente, isso é incompatível com a realidade atual, principalmente para o homem, acostumado a ser para o homem, acostumado a ser "durão". Mas ser benigno não significa ser frouxo ou covarde (1 Sm 16.18; Mt 23.23-29)

Bondade. Quem tem as características mencionadas acima, está apto para desempenhar a bondade - o amor a ação- que também é incentivada pelo consolador que habita o crente. Não adianta você dizer que ama, se não fizer o bem. E quando você não o faz você estará cometendo pecado (Tg 4.17) sabia disso? Permita que o fruto do Espírito amadureça, para que você faça o bem  todos (Gl 6.10)

Fé. Sem fé é impossível agradar ao Senhor (Hb 11.6). A palavra "fé" aparece com significados variados nas páginas sagradas (Rm 14.23; Gl 1.23). Mas, em geral, é sinônimo de confiança inabalável  gerada pelo Espírito Santo, capaz de manter o crente firme em meio ás adversidades (Mq 7.1-7; Hc 3.17,18)

Mansidão. Não existe ninguém do mundo do que seja manso de nascimento. Embora haja pessoas ponderadas, calmas por natureza, a mansidão  propriamente é uma virtude gerada pelo Espírito Santo. Só Ele pode moldar o seu caráter, para que você não tenha reações que resultem em prejuízos para a vida. Aprenda com Jesus ser manso e humilde de coração (Mt 11.29)

Temperança. A última virtude é a temperança - domínio próprio, equilíbrio. É uma capacidade que você, como salvo, recebe do Espírito Santo para saber até onde pode ir.

Comente pelo Facebook ()
Ou Comente Aqui (0)

Seja o Primeiro a Comentar!

Caso precise de resposta em sigilo, favor utilizar a nossa página de contato :)